Como definir o objetivo certo?

Outubro 7, 2019

O seu objetivo é o seu desejo?

Hoje em dia, fala-se muito em estabelecer alvos e alcançá-los. Infelizmente, existem as pessoas que não têm esses objetivos e, por isso, criam algo rapidamente para sentirem-se melhor. Na maioria das vezes, eles aceitam os objetivos dos outros, sem perceber, que isso o que trará felicidade aos outros, pode-lhes trazer azar. Para uma pessoa, ficar no palco e falando em frente de um grande público será uma recompensa e, para outra – um castigo. Então, por que essas duas pessoas deveriam perseguir o mesmo objetivo?

Como descubro o que me trará felicidade?

Determine como você queria sentir-se. Quando você é o mais feliz? Quando todo mundo está a elogiá-lo ficando no centro da atenção ou quando está cercado por seus entes queridos? Ou se calhar é mais feliz estando sozinho? O que lhe daria uma maior sensação de realização: receção dum prémio de prestígio ou um tempo bem passado com os amigos, familiares? Você prefere mudança, aventura ou estabilidade e organização?  Prefere quando alguém elogia seu intelecto ou aparência? Seja honesto consigo mesmo, para saber em que se concentrar. Acha que Bear Grylls seria feliz e realizado se ele trocasse a vida com o homem mais rico do mundo? Não, porque as outras coisas trazem felicidade para essas duas pessoas. Há pessoas que, depois de receberem um prémio por ótimas realizações, entram em depressão. Por que? Porque eles queriam obter um determinado objetivo por muitos anos, mas depois tornou-se que o sentimento que lhes acompanhou não lhes dá felicidade.  Às vezes, esses sentimentos são esmagadores. Não todos gostam do mesmo. Não todos gostam de ganhar. Não todos gostam de estar no centro da atenção. Para ser feliz, você precisa de saber quais sentimentos ajudam-no sentir-se assim.

Você não persegue o objetivo em si, mas os sentimentos causados por sua realização.” Danielle LaPorte

Responda à pergunta: como é que quero me sentir? Pense em como se sente depois de vencer uma partida? Você se sente cheio de motivação, satisfação e alegria ou está contente que o jogo já passou? Você realmente gosta de jogar futebol ou apenas de passar o tempo com os seus amigos? Como você se sentiria se as pessoas estivessem interessadas na sua vida, tirando fotos com você e criando seus clubes de fãs? Seria para você irritante e esmagadorante ou você se sentiria como alguém importante e realizado? Você gosta de ser responsável, então podia administrar seu próprio negócio ou é muita responsabilidade tão estressante que consumirá toda a sua energia vital? É cansativo para você estar com as pessoas? Gosta de trabalhar em grupo ou é individualista? Você deve responder as essas perguntas para não alcançar acidentalmente algo que não lhe trará felicidade. Anote os sentimentos que deseja sentir e pense sobre isso, quais realizações farão que você se sinta assim. Ao se esforçar para atingir o seu alvo, pense nos sentimentos que deseja experimentar, e isso permitirá que você sinta que está a fazer algo valioso e pode ser feliz.

Existe um desejo por trás de tudo que fazemos para nos sentirmos assim.” Danielle LaPorte

Não escolha um alvo que pareça certo, escolha um objetivo que realize os seus desejos mais íntimos.